domingo, 22 de julho de 2018

Vídeo - O Nascimento da Europa - Episódio 2


Europa, um antigo continente, melhor conhecido como berço da civilização ocidental. Muito dele surgiu e desapareceu numa paisagem que pouco mudou durante milênios mas o legado da história humana encobre um passado geológico de incrível inspiração, de mudança perpétua, catastrófico e violento. Nascida nos primeiros dias da Terra a Europa tem estado à mercê das forças gigantescas da mãe natureza. Forjada no fogo, contorcida pelas colisões de continentes, esculpida pela água e pelo gelo.

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Vídeo - O Nascimento da Europa - Episódio 1


Europa a fundição da civilização ocidental. Saturada de história desde os monumentos da Roma antiga até os castelos da Inglaterra. Mas os últimos 200 milhões de anos da Europa indicam um passado violento. A terra sob nós está se movendo com consequências cataclísmicas, continentes separados em erupções explosivas vão de encontro formando vastas cadeias de montanhas e sacodem a paisagem em terremotos. Nenhuma força tem um papel maior na formação da Europa do que o próprio movimento da Terra quando os continentes colidem.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Vídeo - Se Não Existisse a Lua


Marte, o planeta vermelho está em perigo. Alguma coisa está perturbando a sua órbita, Marte está fora de controle e está sendo arrastado em direção ao Sol. O problema é que sua trajetória coloca o planeta vermelho em curso de colisão com a Terra. Ficção talvez mas não se engane, a possibilidade de um impacto como essa já foi uma grande ameaça para a Terra mas acabamos tendo sorte. É uma questão simples mas apenas recentemente os cientistas começaram a discutir o que aconteceria se não existisse a lua.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Vídeo - O Primeiro Imperador da China

sábado, 7 de julho de 2018

Powerpoint - Cartografia e Poder


quarta-feira, 30 de maio de 2018

Conteúdo - A erosão da costa no Algarve

O Algarve está sujeito a ciclos de tempestade que têm alterado a linha de costa de forma dramática nas últimas décadas. Só na zona de Quarteira, o mar avançou quase uma centena de metros em relação ao que acontecia nos anos 70.

Chama-se Praia do Forte Novo, mas não é fácil perceber onde estão os vestígios da construção que lhe dá o nome. A estrutura existiu no topo de um morro e foi possível vê-la até 1976, ano em que o mar a começou a derrubar. Hoje ainda se avistam algumas ruínas na maré baixa, mas a água  avançou 90 metros para o interior.
O recuo da linha de costa tem sido combatido com programas de reposição de areias que abrangem uma vasta zona do litoral. Há muitas praias que só asseguram a normal  utilização graças a esta solução.
Nesta reportagem pode ouvir declarações de Óscar Ferreira, investigador da Universidade do Algarve e de João Campina, residente em Quarteira.

http://ensina.rtp.pt/artigo/a-erosao-da-costa-no-algarve/

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Conteúdo - Distrito de Aveiro - Evolução do Grupo Etário dos 65 e mais Anos


Evolução do Grupo Etário dos 65 e mais Anos
190019111920193019401950196019701981199120012011
Habitantes20 92823 31423 18726 76231 12235 99041 33947 30562 52476 785102 003127 712
% da Populº6,9%6,9%6,7%7,0%7,2%7,5%7,9%8,7%10,0%11,7%14,3%17,9%
Var. Anual+1,0%-0,1%+1,5%+1,6%+1,6%+1,4%+1,5%+2,9%+2,3%+3,3%+2,5%

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Conteúdo - Distrito de Aveiro - Evolução do Grupo Etário dos 65 e mais Anos




sábado, 19 de maio de 2018

Conteúdo - Distrito de Aveiro - Evolução do Grupo Etário dos 65 e mais Anos


Em 1900 havia no distrito de Aveiro uma média de 6,9 idosos com 65 e mais anos por 100 habitantes.

Os concelhos com a percentagem mais baixa eram Espinho (Portugal) (3,3%), Ílhavo (5,5%) e Castelo de Paiva (5,6%). Com as percentagens mais altas surgiam Oliveira do Bairro (7,9%), Águeda (7,9%) e Anadia (Portugal9 (7,6%).

Em 1960 a média passou para 7,9 idosos por 100 habitantes.

São João da Madeira registava a percentagem mais baixa (4,5%), seguindo-se Santa Maria da Feira (6,0%) e Espinho (Portugal9 (6,4%). As percentagens mais elevada registavam-se na Murtosa (11,8%), Estarreja (10,1%) e Vale de Cambra (9,4%).

Em 2011 a situação tinha-se alterado significativamente. A média tinha subido para 17,9 idosos por 100 habitantes (valor ainda assim inferior à média nacional de 19,0%).

[Santa Maria da Feira]] surgia como o concelho com a taxa mais baixa (14,8%), seguido de Castelo de Paiva (15,5%) e Ovar (15,9%). Com os valores mais elevados apareciam os concelho de Anadia (Portugal) (23,7%), Sever do Vouga (23,3%) e Murtosa (22,6%).

Esta subida percentual é justificada pelo maior número de habitantes deste grupo etário e pela significativa redução da população com idade inferior aos 24 anos.


(I) Entre 1900 e 1960, e no que respeita ao número de habitantes desta faixa etária verifica-se que o distrito tinha passado de 20 928 hb. para 41 335 hb., ou seja, um acréscimo de +97,5%.

Os maiores aumentos verificavam-se em Santa Maria da Feira +2 294 hb., Oliveira de Azeméis +1 827 hb. e Aveiro +1 747 hb. Em termos percentuais realce para o concelho de Espinho (Portugal), com um crescimento de +1 068,3% .

(II) Entre 1960 e 2011 o crescimento populacional desta faixa etária torna-se ainda mais significativo, tendo o número de idosos passado de 41 335 para 127 712, ou seja, +209,0%.

Os maiores aumento verificava-se nos concelhos de Santa Maria da Feira, (+ 15 655 hb.), Aveiro (+9 742 hb) e Oliveira de Azeméis (+8 674 hb). Em termos percentuais o realce vai para o concelho de São João da Madeira, com um acréscimo de +568,2%%.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Conteúdo - Distrito de Aveiro - Evolução do Grupo Etário dos 25 aos 64 Anos


Evolução do Grupo Etário dos 25 aos 64 Anos
190019111920193019401950196019701981199120012011
Habitantes123 530132 658138 445153 575176 208200 585223 538229 890274 443324 225385 696401 490
% da Populº40,7%39,5%40,2%40,2%41,0%42,0%42,6%42,2%44,1%49,6%54,1%56,2%
Var. Anual+0,7%+0,5%+1,1%+1,5%+1,4%+1,1%+0,3%+1,8%+1,8%+1,9%+0,4%
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...